SriChinmoy.org
pt
Mais sobre Sri Chinmoy

Cada um de nós é um buscador
Trilhando a Estrada da Eternidade
Sem começo e sem fim.
—Sri Chinmoy

Sri Chinmoy é um professor espiritual que dedicou sua vida a servir a humanidade aspirante. Com seus oferecimentos repletos de alma – orações e meditações, trabalhos literários, musicais e artísticos – Sri Chinmoy tenta inspirar o ser humano.

Esperamos que a simplicidade, pureza e luz dos oferecimentos de Sri Chinmoy inspirem você também.

Paz…

“Apenas através da paz interior é que poderemos ter verdadeira liberdade exterior.” —Sri Chinmoy

Nenhum preço é alto demais pela paz interior. A paz é o controle harmonioso da vida. Vibrante, ela está repleta de energia-vida. A paz é um poder que facilmente transcende todo o nosso conhecimento mundano. Mas ela não é dissociada da nossa existência terrena. Ao abrirmos os caminhos certos dentro de nós, essa paz poderá ser sentida no aqui e agora.

A paz é eterna. Nunca é tarde demais para a paz. Sempre é hora de termos paz. Podemos tornar nossa vida realmente frutífera se não nos dissociarmos da nossa Fonte, que é a Paz da Eternidade.

A maior tristeza que pode acontecer a um ser humano é perder a sua paz interior. Nenhuma força externa pode roubá-la. Apenas os seus próprios pensamentos, suas próprias ações, são capazes disso.

Nossa maior proteção não está nos recursos e conquistas materiais. Toda a riqueza do mundo não é nada para a nossa alma divina. Nossa maior proteção está na comunhão da alma com a Paz tudo-preenchedora e tudo-satisfatória. Nossa alma vive em Paz e vive para a Paz. Vivendo uma vida de paz, sempre nos tornaremos mais ricos e nunca empobrecidos. Sem fim é a nossa paz interior; como o céu ilimitado, ela abriga tudo.

Trecho de 'Yoga e a Vida Espiritual' por Sri Chinmoy

O que você quer?

Eu quero paz.

Medite no topo de uma montanha.

Como podemos encontrar paz duradoura?

O primeiro passo em direção à paz de espírito é sentirmos que não somos indispensáveis. Falta-nos paz de espírito porque sentimos que os outros precisam de algo de nós, ou que precisamos de algo dos outros. Sentimos que se não fizermos isso ou dissermos aquilo, o mundo irá desabar ou tudo dará errado num instante. Mas tão logo possamos sentir que não somos indispensáveis, não teremos de ir a qualquer lugar para ter paz, pois a paz imediatamente virá até nós.

Outra maneira simples de se obter paz de espírito é sentir que nada é indevidamente importante. Tudo e todos na terra podem nos abandonar ou deixar para trás, contanto que não desertemos Deus e Deus não nos deserte. Deus nunca nos desertará, pois Ele é todo Compaixão, e mesmo que tentemos muito, não conseguiremos desertar Deus, pois Ele é onipresente. Com a exceção de Deus, nada na Terra é indispensável. Se pudermos nos fazer sentir conscientemente que apenas Ele é indispensável, nada poderá tirar a nossa paz de espírito.

Pode-se falar por horas e horas sobre paz. A mente curiosa pode conseguir uma certa satisfação, mas o coração que chora nunca se beneficiará de discursos. O coração que chora é a verdadeira realidade em nós, e esse coração que chora obtém paz interior, paz duradoura, apenas através de silêncio devotado. Apenas a meditação devotada e a oração repleta de alma poderão trazer à tona paz. Se a cada momento pensarmos que estamos nos tornardo uma meditação devotada e uma oração repleta de alma, a paz eterna será nossa.

O Arcebispo Desmond Tutu lê o capítulo entitulado 'Paz' do livro de Sri Chinmoy 'The Jewels of Happiness'.

Um desenho de Pássaro-Alma por Sri Chinmoy

“A paz que vem do despertar interior é a paz duradoura.” —Sri Chinmoy

Tenho paz apenas quando compartilho a paz com os outros. É por isso que dou concertos da paz por todo o mundo. Eu tenho apenas uma meta — paz, paz universal.

Apenas quando medito em silêncio ou todo música repleta de alma é que sinto paz nos mais profundos recônditos do meu coração. Nessa hora eu sinto que posso ser de verdadeiro serviço à humanidade.

Sri Chinmoy ofereceu mais de 700 Concertos da Paz pelo mundo. Ao iniciar e terminar cada concerto, ele oferecia um momento de meditação silenciosa.

Um Perfeito Mundo-Unicidade

Assim como as infinitas gotas
Do oceano ilimitado
Ou as folhas miríades
De uma enorme figueira
Convivem pacificamente lado a lado,
Todos os seres humanos
Um dia viverão lado a lado
Num perfeito mundo-unicidade.

A Corrida da Paz Lar-Unicidade Sri Chinmoy é o maior revezamento de tocha do mundo pela paz. Desde 1987, corredores carregaram um tocha acesa a escolas e comunidades em mais de 140 países, divulgando a mensagem de que há muito mais que nos une como uma família humana do que nos divide.

Uma Família-Mundo-Unicidade

As Nações Unidas possuem um coração buscador e também um sentimento de uma família-mundo-unicidade. As pessoas podem não enxergar isso exteriormente todo o tempo, mas, no meu caso, eu as enxergo e vejo o tempo todo.

Eu medito nas Nações Unidas às terças e sextas, da uma hora às duas da tarde. Nossas sessões de meditação originaram-se do Secretário-Geral U Thant, que sempre me foi muito gentil. Ele era um amigo próximo, e me inspirou a começar as meditações pela paz nas Nações Unidas. Delegados e pessoal técnico que estejam interessados vêm e meditam conosco. Com o passar dos anos, organizamos muitos, muitos programas honrando os países que anseiam pela unicidade e paz. Eu também dei muitas palestras nas Nações Unidas sobre a paz mundial, unicidade e harmonia.

Até o fim eu amarei e adorarei as Nações Unidas. Se ouço um pequeno elogio às Nações Unidas, eu literalmente danço nas nuvens.

Sri Chinmoy conduziu Meditações da Paz nas Nações Unidas desde 1970 até o seu falecimento em 2007.

Em detalhes:
A Meditação da Paz
nas Nações Unidas

Aceitando a humanidade como uma família

Temos paz apenas quando paramos completamente de encontrar defeitos nos outros. Temos de sentir que o mundo inteiro é parte de nós. Quando reparamos nos defeitos dos outros, entramos nas suas imperfeições. Isso não nos ajuda em nada. E quanto mais entramos nelas, mais claro se torna que as imperfeições dos outros são nossas imperfeições, apenas em corpos e mendtes diferentes. Ao passo que, quando pensamos em Deus, Sua Compaixão e Sua Divindade ampliam nossa visão interior da Verdade. Precisamos alcançar a plenitude da nossa realização espiritual para aceitarmos a humanidade como uma família.

Leia mais

Tributos de líderes mundiais

Palavras de apreço pelo trabalho de paz de Sri Chinmoy por Mikhail Gorbachev, Madre Teresa, Nelson Mandela, Arcebispo Desmond Tutu e outros. mais

Peace Run - a Corrida da Paz Lar-Unicidade Sri Chinmoy

O sonho por trás do maior revezamento de tocha do mundo e seus feitos notáveis. mais

Seus atos são inestimáveis, pois não podem ser medidos por parâmetros políticos ou econômicos - eles são nobres e curam a alma humana.
—Presidente Mikhail Gorbachev

Amando o mundo

A verdade está em tudo, mas o amor é tudo. —Sri Chinmoy

Não veja defeitos na vida de ninguém; não veja as imperfeições na sua própria vida. Apenas se force a ver todas as coisas boas que já fez, todas as coisas boas que está planejando fazer e todas as coisas boas que os outros fizeram. No próximo milênio, a meta da filosofia será enxergar apenas a luz em si e a luz nos outros. Apenas assim você conseguirá acelerar a vinda da paz e unicidade mundiais.

A minha filosofia é muito simples: ame e sirva. Nós amamos Deus o Criador e servimos Deus a criação. Deus é o Criador e a criação juntos. Quando oro e medito, eu amo Deus o Criador, e quando sirvo a humanidade, estou servindo Deus a criação.

Você é uma criação de Deus; também o é a humanidade. A humanidade é tão-somente uma expressão do seu coração universal. Você poderá e deverá amar a humanidade, não apenas como um todo, mas também individualmente, quando perceber o fato que até que a humanidade tenha realizado a sua Meta suprema, a sua própria perfeição divina não estará completa.

Não tente mudar o mundo.
Você falhará.
Tente amar o mundo.
Veja, o mundo está mudado, mudado para sempre.

O que você quer?

Eu quero amor.

Medite no ninho de um pássaro.

O coração espiritual: o lar do amor divino.

O coração é a fonte. Temos de começar a nossa jornada no coração. Dentro do coração está a alma. A consciência da alma permeita o corpo inteiro, mas a morada especial da alma é dentro do coração espiritual. Quando entramos nos recônditos mais profundos do coração, sentimos o verdadeiro amor da alma.

O amor pode ir até a cabeça ou pode ir aos pés. Mas se o amor vier do coração primeiro, será um amor puro. Se o amor não se originar no coração, será amor vital, que não é puro. Se o amor puro, o amor do coração, o amor da alma permear você por completo, ele poderá purificar e divinizar a sua existência. Quando a existência física está inundada de amor, apenas então podemos ter o sentimento universal de unicidade.

Uma vez que obtenha sua riqueza interior, que é o amor, a partir da fonte, então poderá utilizá-la em qualquer lugar. Mas o lugar da sua morada é no centro do coração.

Em detalhes:
Amor humano
e amor divino
Um desenho de Pássaro-Alma por Sri Chinmoy

Exercício: meditação no coração

Quando você pensa no poder-coração, a primeira coisa de que deve lembrar é seu poder-pureza. O que nos traz um sentimento imediato de pureza? Qualquer flor que você gosta - seja uma rosa, lótus ou qualquer outra flor. Sinta que está inspirando a beleza e fragrância da flor que você mais gosta.

Tente visualizá-la dentro do seu coração . Primeiro sinta que a flor está lá. Imagine-a dentro do seu coração. A imaginação possui uma realidade própria. Tão logo você imagine que há uma flor dentro de si, seja uma rosa ou qualquer outra flor, tente sentir a fragrânica dessa flor. Após quinze minutos ou meia hora ou mesmo alguns dias, tente sentir que essa flor se tornou invisível dentro do seu coração. Você não precisa ver a flor como tal, você não precisa sentir a fragrância. Tão logo pense no seu coração, sinta que ele se tornou a mais bela flor, a rosa mais bela.

Aprecie e apoie

Somos todos cidadãos do mundo. Se eu puder inspirar outros, se eles puderem inspirar o resto do mundo, teremos um mundo melhor. É através da inspiração que podemos fazer boas coisas pela humanidade.

Eu ergui pessoas dos mais diversos âmbitos de vida, e todas sentiram alegria. Chamamos esse programa de Erguendo o Mundo com um Coração-Unicidade. Esses cidadãos do mundo são importantes em seus campos de trabalho, e por isso os honrei da minha própria maneira. Levantei cada um deles com um braço, usando uma plataforma especial.

Sri Chinmoy começou a levantar pesos em 1985 e a honrar pessoas dessa maneira única em 1988; mais de 8.000 pessoas foram erguidas no total.

Nelson Mandela
O querido presidente
mais

Nelson Mandela

Carl Lewis
Vencedor de nove medalhas de ouro olímpicas
mais

Carl Lewis

Bill Pearl
Bodybuilding legend
mais

Bill Pearl

Tegla Loroupe
Recordista mundial de maratona
mais

Tegla Loroupe

Muhammad Ali
Três vezes campeão mundial
mais

Muhammad Ali

Hugo Girard
Campeão Strongman
mais

Hugo Girard

Servir sem nunca cansar
é Amar.—Sri Chinmoy

Estamos todos exercitando o amor pelo poder. Mas chegará um dia em que este nosso mundo será inundado com o poder que ama. Apenas o poder que ama consegue mudar o mundo.

Com nossos corações amororos, identificamo-nos com o que os outros são. Esse poder que ama pode solucionar os problemas do mundo. Esse poder está repleto de autodoação, mas não com o sentimento de sacrifício, e sim com o sentimento de servir a humanidade como nossos próprios irmãos e irmãs. Através do nosso silêncio amoroso e serviço devotado, contribuimos para melhorar o mundo inteiro.

Fundado por Sri Chinmoy em 1990, o Oneness-Heart Tears and Smiles é um serviço de auxílio humanitário que instiga um sentimento de conexão entre pessoas em diferentes partes do mundo.

Slideshow: Projetos ao redor
do mundo

“Just as a rose has many petals, all of which add to the beauty and fragrance of the rose, so too the world shall become one world family.” —Sri Chinmoy

Você pode ter amor sincero por toda a humanidade apenas quando amar a Fonte. Deus nos criou. Nós não criamos Deus. Para amar toda a humanidade, vá até a fonte da humanidade, Deus. Aqui a raíz é Deus. Se estiver consciente da Fonte e das qualidades que a fonte tem, apenas então pdoerá realmente amar a humanidade. Você não consegue amar qualquer ser humano a não ser que ame Deus. Se puder se fazer sentir que ama Deus, e somente Deus, e ninguém mais, então você amará todos, pois Deus é Alguém que está dentro de todos. Se disser que ama essa ou aquela pessoa, desse amor individual você não conseguirá chegar no amor a Deus. Mas do amor por Deus você consegue chegar no amor pela humanidade. Se você puder agradar e amar o Altíssimo, Deus, automaticamente estará agradando e amando a humanidade também.

Leia mais

Verdadeira Felicidade

A felicidade é o direito de nascença de todo coração humano. —Sri Chinmoy

A verdadeira felicidade não é uma alucinação mental. A verdadeira felicidade não é uma sensação de conforto. A verdadeira felicidade é o sentimento espontâneo de alegria que surge por saber que está fazendo a coisa certa e levando uma vida divina.

Alegria e bem estar não tratam de uma vida de conforto e prazer. Elas são a percepção consciente da nossa divindade interior. Quando estamos felizes, quando estamos realmente felizes, fazemos progresso verdadeiro. Quando nos tornamos um coração feliz, seguimos em frente, mergulhamos fundo no interior, voamos. O progresso está no movimento, e esse movimento vem apenas quando temos alegria e nos tornamos alegria.

A verdadeira alegria surge da aceitação do mundo, e não da renúncia. Deus escolheu as condições em que você vive a sua vida atual. É como um teatro. O palco está pronto e a cortina foi levantada para que você cumpra o seu papel e prossiga no caminho espiritual. Suas condições atuais são as melhores possíveis para o seu progresso.Um desenho de Pássaro-Alma por Sri Chinmoy

O que você quer?

Eu quero Felicidade.

Medite num pássaro que voa.

A vida de felicidade

No nosso dia a dia há uma forma de obtermos alegria. Tendo uma vida simples e seguindo em direção à nossa meta num percurso reto, trilhando o caminho sol-iluminado, poderemos ter alegria. Uma vida simples é a vida de felicidade. Um percurso reto é o caminho da alegria. Um caminho sol-iluminado é o caminho de constante alegria.

Você quer ser feliz?
Torne a sua vida devotadamente
Simples como respirar.

Precisamos a todo momento de simplicidade. Se a mente não for simples, se a mente for complicada e complexa, não haverá paz na mente. Uma criança é simples. Uma criança é toda alegria. Se pudermos ter uma existência simples, sentiremos quanta sorte e felicidade temos.

Boris Grebenshikov, um dos cantores mais amados da Rússia, lê o capítulo 'Simplicidade' do livro de Sri Chinmoy 'The Jewels of Happiness'.

Eu sou feliz

Sou feliz porque sempre escolho o momento certo.
Sou feliz porque sou um bom ouvinte.
Sou feliz porque não destaco a minha opinião.
Sou feliz porque não tento convencer os outros.
Sou feliz porque não reclamo.
Sou feliz porque nunca penso em duas coisas ao mesmo tempo.
Sou feliz porque valorizo muito o bem que há nos outros.
Sou feliz porque diminuí consideravelmente meus desejos.
Sou feliz porque nunca desisto.

Trecho de uma palestra de Sri Chinmoy durante as meditações bissemanais que oferecia nas Nações Unidas.

Aspiração: O clamor interior por felicidade

Viver em alegria é viver a vida interior. Esta é a vida que leva à realização-do-ser. Realização-do-Ser é realização-Deus, pois Deus nada é senão a divindade que está dentro de nós, esperando ser descoberta e revelada.

O mundo interior incorpora Paz, Luz e Deleite. O mundo exterior, infelizmente, ainda não incorpora essas qualidades, ao passo que o mundo interior as tem em medida ilimitada. Por isso tentamos estabelecer um livre acesso ao mundo interior através do nosso clamor interior e meditação repleta de alma. Chamamos a isso de nossa aspiração.

Não há diferença entre felicidade interior e aspiração. Elas são uma só. A aspiração é a chama, e a felicidade é a luz da chama.

Em detalhes:
Aumentando sua
sede interior

Há alguma diferença
Entre um coração-gratidão
E uma vida-felicidade?
O coração-gratidão é o ninho.
A vida-felicidade é a árvore.

Poema dos Twenty-Seven Thousand Aspiration-Plants, uma série de 27.000 aforismos escritos por Sri Chinmoy entre 1983 e 1998.

Na Felicidade encontramos a Paz

Sinto que é através da oração, meditação e serviço dedicado que a paz mundial poderá acontecer. Se podemos oferecer com sinceridade e carinho a felicidade a alguém, essa pessoa só terá boa vontade conosco. Da felicidade temos paz, e da paz, felicidade; elas são inseparáveis.

Auto-Transcendência

A alegria-auto-transcendência é absolutamente inigualável.
Sri Chinmoy

A auto-transcendência nos traz alegria em medida abundante. Quando tentamos nos transcender, não competimos com os outros. Não competimos com o resto do mundo, mas a cada momento competimos conosco. Competimos apenas com nossas conquistas do passado. Cada vez que superamos nossas conquistas anteriores, sentimos alegria.

Na vida espiritual, estamos sempre tentando transcender e ir além. Se hoje eu fiz vinte coisas erradas, amanhã farei apenas dezenove. Tentarei continuamente melhorar, e assim sentirei uma enorme satisfação. Não estou competindo com outra pessoa, senão comigo. Sinto que é assim que estou chegando à perfeição.

O que você quer?

Eu quero perfeição.

Medite na auto-transcendência da sua vida.

Viva no mundo-progresso

Eu não compito
Com o resto do mundo.
Eu compito apenas comigo,
Pois o meu progresso é a minha verdadeira vitória.

Sempre compita consigo; não compita com qualquer outra pessoa. Não podemos depender do sucesso, pois alguém sempre aparecerá e fará com que nosso sucesso pareça insignificante. Quando vivemos no mundo-sucesso, rapidamente encontramos a frustração. Mas quando vivemos no mundo-progresso, sempre há uma alegria tremenda. Essa alegria vem não apenas ao transcender suas próprias capacidades, mas também do próprio esforço. Digamos que eu tenha a minha meta em erguer 135 quilos, mas não consigo. O simples fato de seu estar praticando e praticando com dedicação me traz alegria, e a tenacidade ou perseverança que estou demonstrando é um progresso. Tudo aquilo que fazemos de forma devotada e repleta de alma nos auxilia a fazer progresso.

O documentário 'Challenging Impossibility' é sobre a carreira de levantamento de pesos de Sri Chinmoy. Entre 1985 e 2007, Sri Chinmoy realizou muitos feitos marcantes de transcendência no halterofilismo.

A idade está na mente

A idade está na mente; ela não está no corpo. Quando pensamos que estamos velhos, esse é o fim, o fim da nossa jornada. A cada dia e cada momento pense apenas que você é uma criança de sete, nove ou dez anos de idade, mas não pense que tem mais de trinta. Imagine-se! A imaginação é um mundo, mas você precisa trazer para si esse mundo todos os dias, ou então você mesmo deve entrar nesse mundo.

Eu sempre digo que a boa forma física é de importância primordial. Dentro do corpo está a alma. A alma não está em outro lugar. Dentro do corpo-templo está o altar. Se não mantivermos o templo em condições adequadas, o altar acabará arruinado. Mantenha o seu corpo em boa forma se realmente quiser fazer progresso.

Em detalhes:
Sri Chinmoy's
Running

Corridas de longa distância

Sinto que o mundo precisa de dinamismo. O mundo exterior precisa de dinamismo, e o mundo interior precisa de paz. Se pudermos ser dinâmicos, poderemos realizar muitas coisas na nossa vida exterior. Para sermos dinâmicos, precisamos de boa forma física a todo momento, e correr auxilia consideralvelmente a mantermos a nossa forma física.

Os atletas aproveitam muito essas corridas. Eles vão além das suas capacidades. Para ser feliz, é necessário sempre ir além e além e além das suas capacidades. Enquanto corre, cada corredor tem uma oportunidade muito especial para ir além das suas capacidades. Auto-transcendência é a única coisa de que um ser humano precisa para ser verdadeiramente feliz. E portanto essas corridas auxiliam os corredores imensamente, apesar de parecerem estar passando por dificuldades. No final, quando a corrida acaba, eles sentem que alcançaram algo muito significativo.

Sri Chinmoy fundou o Marathon Team em 1977 para servir a comunidade desportiva em sua busca por autotranscendência. Dentre os vários eventos, a Sri Chinmoy Self-Transcendence 3100 Mile Race é a corrida de rua certificada mais longa do mundo.

Sri Chinmoy fala sobre espiritualidade e corrida na Sri Chinmoy 6 and 10-Day Race em Nova Iorque.

Exercício: aumentando a sua inspiração

De manhã cedo, depois de meditar - não antes da sua meditação - escreva três coisas absolutamente novas que você nunca fez, ou nunca pensou. Essas três coisas lhe darão inspiração ou serão uma espécie de desafio. Elas lhe causarão uma sensação na sua mente ou ser, dizendo que deve realizá-las. Depois da sua meditação, use o seu poder-imaginação. Escreva: 'Tentarei três coisas hoje. Começarei algo novo.'

Não estou dizendo que você deve realizar essas coisas num dia. Pode levar alguns dias ou mais para realizá-las. Mas você pode começar. A vida não é tediosa para aqueles que acreditam em aventura. Aventura não quer dizer escalar a montanha mais alta. Permitir novas ideias, ideias novas e saudáveis entrarem na sua mente - isso é aventura. A partir daí, você poderá trabalhar nelas.

Foto: Sri Chinmoy completa a 47-Mile Race em Nova Iorque, 1981

Graça das Alturas

Para todas as minhas conquistas eu dependo da Graça do Supremo. Sua Graça me dá inspiração e me guia em tudo que faço - seja escrever um poema, compor uma canção, pintar um quadro, correr uma maratona ou dar uma palestra. Tudo que faço depende da orientação interior, e essa orientação interior nada é senão a Graça e Compaixão das Alturas.

Leia mais

Porque Sri Chinmoy erguia pesos pesados?

A história da odisséia de 22 anos de levantamento de pesos de Sri Chinmoy mais

Sri Chinmoy Marathon Team

Mais sobre a filosofia por trás da equipe de maratonas, e os eventos de resistência que organizam ao redor do mundo. mais

A carreira desportiva de Sri Chinmoy

Além de um velocista campeão na comunidade espiritual onde cresceu, Sri Chinmoy foi um ávido corredor fundista e jogador de tênis. mais

Criatividade

Que meu dia a dia seja uma intensa cachoeira de criatividade. —Sri Chinmoy

Cada alma está imbuída de criatividade. Mas a alma acha muito difícil convencer a mente, o vital e o físico de que eles podem conscientemente cooperar com a alma, que eles podem criar juntos e satisfazer o Divino aqui na Terra. Criatividade não é escrever poemas ou artigos, nem compor música. Criatividade é o carinho interior pela expansão do que se tem ou é. Quando desejamos conscientemente ir além das capacidades e conquistas atuais, apenas então encontramos a criatividade verdadeira. Apenas então a criatividade possui seu valor, propósito e valia reais.

Onde encontramos a fonte da criatividade? Quando se quer que a criação seja permanente e eterna, então a criação deve vir da alma – não da mente, nem do vital, e nem mesmo do coração. No coração, na mente, no vital e mesmo no físico material também é possível ver criatividade, mas as conquistas dessa criatividade nunca serão duradouras. Apenas a criatividade da alma será duradoura. A criatividade pode estar no físico, no coração, na mente, na alma – enfim, em qualquer lugar. Mas apenas quando estiver na vida interior, na região da alma, é que o aspirante será realmente feliz.

O que você quer?

Eu quero uma imaginação frutífera.

Medite nas infindáveis gotas do mar.

Música: a linguagem de Deus

Todos aqui na Terra são músicos e cantores. Um cantor não precisa cantar afinado. A música é a linguagem de Deus. A linguagem de Deus, a música, não é como matemática ou geometria. Ela é uma linguagem de amor.

Não tentemos entender a música com a nossa mente. Não tentemos nem mesmo sentí-la com o nosso coração. Deixemos que a música espontaneamente voe no nosso céu-coração. Enquanto voa, ela nos revelará incondicionalmente o que ela tem e o que ela é. O que ela tem é a mensagem da Imortalidade, e o que ela é é a passagem da Eternidade.

Em detalhes:
O Mundo-Canção
de Sri Chinmoy

Sri Chinmoy compôs mais de 22.000 canções, que, em sua letra e melodia, exploram a variedade de aspirações humanas.

Jharna-Kala: A Fonte-Arte de Sri Chinmoy

O propósito único da Arte é descobrir beleza interior e exterior. A Arte é, em si, uma autoexpressão dos diferentes níveis de Consciência.

A arte é a roupagem externa do amor. A arte, como o amor, é uma força de unicidade com o infinito.
Quando criamos uma obra de arte, estamos recriando ou refletindo alguma beleza do Universo.

Desde 1974, Sri Chinmoy representou mais de 140.000 pinturas de arte mística, que chamou de 'Jharna-Kala', ou Fonte-Arte em bengali, a sua língua natal. É a arte proveniente de uma fonte interior.

Você é um modelo milagroso de abundância na vida criativa que nós, mortais menores, buscamos, e apenas espero que eu possa algum dia quem sabe participar dessa fonte cósmica de silêncio e profunda energia em que você habita.
— Leonard Bernstein, renomado compositor e condutor

A arte de Sri Chinmoy possui uma jovialidade que não deve ser confundida com trivialidade. Ela vem de uma área do ser onde nos esforçamos pelo altíssimo. Pouquíssimos artistas ousam tocar dessa forma
— Amal Ghosh,Central School of Art & Design, Londres

A Melodia Cósmica

Sou grato ao Supremo por ter me dado a oportunidade dourada de serví-Lo da Sua própria Maneira. A minha poesia, a minha música, minha arte e tudo o mais que faço são apenas expressões de Alguém que opera em e através de mim.

Algumas pessoas podem dizer: 'O que é que ele está fazendo. Ele é um artista, um músico, um cantor. Por que ele não escolhe uma forma e realiza o máximo com ela?' Mas eu não vejo dessa forma. Um piano tem muitas teclas. Por que deveria o pianista sempre tocar apenas uma tecla? Se tocar apenas uma tecla, uma nota, como poderá produzir a melodia cósmica, a melodia universal? Igualmente, sinto que a arte é uma tecla, a poesia é outra tecla, meditação é uma terceira tecla, e o esporte é uma quarta tecla. Se tocar as diferentes teclas, você produz uma bela música.

Leia mais

Descubra o seu Eu

Quando descobrir quem realmente é, todos os segredos do mundo lhe serão revelados. —Sri Chinmoy

Auto-realização é a auto-descoberta no sentido mais elevado do termo. Realiza-se a unicidade com Deus de forma consciente. Você estudou livros, e pessoas lhe disseram que Deus está em todos. Mas você não realizou Deus na sua vida consciente. Quando é realizado, sabe-se o que Deus é, com o que Ele Se parece, o que Ele deseja.

Aqueles que não realizaram Deus dirão que “Deus pode ser isso ou aquilo,” – mas é tudo especulação. Quando a auto-realização é alcançada, permanece-se na Consciência de Deus e fala-se com Deus face a face. Deus é visto tanto no finito quanto no Infinito; a pessoa vê Deus como pessoal e impessoal. Nesse caso, não é alucinação mental ou imaginação; é uma realidade direta. Essa realidade é mais autêntica que o fato de eu estar enxergando você diante de mim agora.

Falamos de auto-descoberta, mas auto-descoberta e realização-Deus são a mesma coisa. Quando descobrimos nosso verdadeiro eu, realizamos Deus, pois no nosso verdadeiro eu está a existência de Deus.

Onde quer que estejamos, Deus estará. Para realizarmos essa verdade suprema, temos de devolver aquilo que emprestamos do mundo: escuridão, ignorância, apego, limitação, imperfeição e morte. Emprestamos essas coisas porque sentíamos que iriam nos auxiliam consideravelmente, mas agora descobrimos que são verdadeiros obstáculos. Devolveremos essas coisas, e as coisas que temos eternamente nos mais profundos recônditos do nosso coração – paz, luz, deleite, verdade – deveremos aumentar. As coisas que somos eternamente devem ser reconhecidas e oferecidas ao mundo todo. Fazendo isso, saberemos quem Deus é e onde Deus está.

O que você quer?

Eu quero iluminação

Medite numa rosa completamente florescida

O Absoluto

Nem mente, nem forma, apenas existo;
Cessaram agora toda vontade e pensamento;
O derradeiro fim da dança na Natureza,
Sou aquele por quem busquei.

Um reino de Deleite descoberto, derradeiro;
Além de ambos, conhecedor e conhecido;
De um descanso imenso desfruto em fim;
Apenas o Uno encaro.

Cruzei os secretos caminhos da vida,
Tornei-me a Meta.
A Verdade imutável está revelada;
Sou o caminho, a Alma-Deus.

Meu espírito conhecedor de todas as alturas,
estou calado no âmago do Sol.
Nada barganho com o tempo ou com as ações;
Meu jogo cósmico estará concluído.

Consciência: a Centelha Divina

A consciência é a centelha interior ou elo interior que há em nós, o elo dourado em nosso interior que conecta o nosso o altíssimo e mais iluminado com nossa parte mais baixa e não iluminada. Consciência é o elo interior entre o Céu e a terra. Onde está o Céu? Não está lá em cima ou em algum lugar distante. O Céu está na nossa consciência. Mas é a consciência divina que conecta a terra com o Céu. A consciência humana comum nos conecta apenas com algo muito, muito limitado e, ao mesmo tempo, muito efêmerio. Por um segundo seremos capazes de focar nossa consciência em outra pessoa, e em seguida a nossa concentração desaparece. Mas quando lidamos com a consciência interior, que é a consciência ilimitada, iluminada, transformada, o nosso foco de concentração permanece por muito tempo.

A consciência humana é constituída principalmente de limitação, imperfeição, amarras e ignorância. Essa consciência quer permanecer aqui na terra. Ela sente alegria no finito: família, sociedade, afazeres mundanos. A consciência divina é composta de Paz, Deleite, Poder divino e etc. Sua natureza é expandir constantemente. A consciência humana sente que não há nada mais importante do que o prazer terreno. A consciência divina sente que não há nada mais importante que a Alegria e Deleite celestiais na terra. A consciência humana tenta nos convencer que não estamos nem perto da Verdade ou satisfação. Ela tenta nos fazer sentir que Deus está bem aqui, dentro de cada alento da nossa vida, dentro de cada batida do coração, dentro de todos e tudo ao nosso redor.

Sri Chinmoy descreve e demonstra os samadhis savikalpa e nirvikalpa, dois dos mais elevados estados de consciência espiritual

Meditação: a linguagem de Deus.

Meditation is that very state of our consciousness where the inner being, instead of cherishing millions of thoughts, wants only to commune with God. Meditation is God’s language as well as man’s language. Now I am speaking in English and you are able to understand me because you know English well. Similarly, when one knows how to meditate well, one will be able to commune with God. Thus meditation is the language we use to speak to God.

A Única Forma

Às vezes devo estar em silêncio,
Pois é a única forma
De saber um pouco mais,
Pensar um pouco mais sabiamente,
Se tornar um pouco mais perfeito,
Reivindicar Deus um pouco mais cedo.

Um poema de 'Transcendence-Perfection', uma coleção de 843 poems escritos por Sri Chinmoy num período de 24 horas em 1º de novembro de 1975.

Deus é -

A existência-verdade é uma só. Os sábios a chamam por diferentes nomes. —Ditado indiano tradicional

O propósito da vida é realizar a Verdade altíssima, revelar a Verdade altíssima e manifestar a Verdade altíssima. O que é a Verdade altíssima? A Verdade altíssima é que Deus e o homem são eternamente um e inseparáveis, apesar do homem ser agora um Deus não realizado, e que Deus agora é um homem não preenchido e não manifestado.

Deus é todo Amor. Deus é todo Luz. Deus é todo Beleza. Deus é tudo: Verdade, Paz, Luz, Deleite, tudo em medida infinita. Ele tem forma; Ele é sem forma. Ao experimentar Deus como Paz, naturalmente dirá que Deus é Paz. Experimentando Deus como Luz, dirá que Deus é Luz. Ao experimentar Deus como Amor, você dirá que Deus é amor.

O que você quer?

Eu quero liberdade

Medite na vastidão imensurável do céu.

A pergunta eterna do homem é: 'Quem é Deus?'
A resposta imediata de Deus é: 'Minha criança, quem mais é Deus, se não você?' —Sri Chinmoy

Deus é a sua própria parte mais elevada, iluminada e perfeita. Você tem duas partes: uma é mais elevada, e a outra é mais baixa. A maior parte do tempo você passa na parte de baixo. Quando se tornar plenamente ciente que q sua parte mais elevada e sua parte mais baixa são completamente transformadas e unificadas com o Altíssimo, você é então nada menos que Deus. Apesar de não a ter reconhecido ou revelada, a sua parte mais elevada, desenvolvida, perfeita e iluminada é Deus.

Mergulhe fundo em si e descobrirá dentro do seu corpo o seu coração, dentro do seu coração a sua alma, e dentro da sua alma Deus.

Sri Chinmoy fala sobre a alma numa entrevista com Monsignor Tom Hartman, co-fundador do 'The God Squad'

A felicidade é Deus.

Tudo que você admira aqui na terra não apenas é uma representação de Deus, mas é o próprio Deus. Deus pode estar acima, em qualquer forma, sem forma, como infinita Luz, infinita Paz, infinito Deleite. E Ele pode estar nos nossos corações, onde a nossa verdadeira existência está. Se abrirmos nossos olhos e observarmos a natureza, as montanhas e rios, isso também é Deus.

Portanto, não importa de que forma apreciemos a realidade ou queremos nos identificar com a realidade, temos de sentir que estamos apreciando e nos identificando com a Divindade; chamamos essa divindade de Deus, Espírito ou Ser. Se não quiser chamar de Deus, você tem toda a liberdade. Mas então deve chamá-Lo de felicidade. A felicidade é Deus. Você pode apreciar a beleza da natureza e, se ficar feliz, essa felicidade que sente é Deus.

Um desenho de Pássaro-Alma por Sri Chinmoy

Uma Verdade conhecida por diferentes nomes

As amizades de Sri Chinmoy abrangiam o espectro das religiões, incluindo as Láures do Nobel Madre Teresa e Arcebispo Desmond Tutu.
Sri Chinmoy confere a meditação de abertura no Parlamento das Religiões do Mundo em Chicago, 1993 (esquerda) e Barcelona, 2004 (direita).

Não há uma diferença fundamental entre uma religião e outra, pois cada religião incorpora a Verdade última. Cada religião está certa, absolutamente certa, pois cada religião traz a mensagem da Verdade da sua própria maneira. Se você mergulhar fundo, verá que não há diferença alguma entre as religiões. É tudo uma única Verdade, chamada por diferentes nomes por diferentes buscadores. A sua religião pode dizer algo, e a minha religião pode dizer outra coisa. Mas nossas religiões nunca divergirão quando se trata da Verdade altíssima. A Meta final de cada religião é realizar a Verdade altíssima.

No caminho que leva à nossa Meta, podemos discordar e lutar, podemos não compreender um ao outro. Por quê? Precisamente porque há muitas estradas que levam à meta. Alguns seguirão uma estrada, e outros seguirão outra estrada. Cada estrada será capaz de oferecer inspiração. Depois de um tempo, uma pessoa dirá que a sua estrada é a melhor, pois está lhe agradando. Outra pessoa dira que é a sua estrada que é melhor. Mas quando ambos chegarem no seu destino, estarão na mesma Meta: a Verdade. Na Verdade, não há disputa, não há conflito; a Verdade ou Realização-Deus transcende toda religião.

Em detalhes:
A mensagem de unicidade
de Sri Chinmoy

Duas asas para voar: oração e meditação

Minhas asas-oração carregam-me ao Céu para ver a Beleza de Deus. Minhas asas-meditação trazem Deus à terra para ver a pureza do meu coração.

Quando oramos, muitas vezes sentimos que Deus está em algum lugar milhas e milhas acima de nós, ou no azul do céu. Não sabemos onde exatamente Ele está; sabemos apenas que estamos aqui na Terra, e que Ele está muito longe, e pode ser que leve um tempo até que nossa oração alcance-O. Sentimos também que Ele tem de vir de onde estiver para nos oferecer paz de espírito ou outra coisa pela qual estejamos pedindo.

Mas quando meditamos, temos um conceito completamente diferente de Deus. Sentimos que Ele está ao nosso lado ou dentro de nós - do nosso corpo, vital, mente, coração e alma - observando-nos. Portanto, não precisamos voar até o céu ou correr atrás Dele. Se a nossa meditação é devotada, sentimos que Ele nos dará o que precisamos. Em geral, sentimos que a meditação pode realizar o necessário antes que a oração ou outro método. Mas se a nossa oração é a manifestação do intenso clamor interior do nosso coração, não levará tempo para que alcance Deus. Muito em breve Ele nos ouvirá e auxiliará. Portanto, a oração e a meditação se complementam.

Sri Chinmoy lê um discurso entitulado 'Vida-oração e vida-meditação', do seu livro Everest-Aspiration.
Durante o discurso, Sri Chinmoy frequentemente se refere ao 'seu amado Supremo'; Supremo é a palavra que Sri Chinmoy sentia melhor descrever a Realidade altíssima.

Quando o poder do amor
Substituir o amor pelo poder,
O homem terá um novo nome: Deus.
Sri Chinmoy

Nada pode ser maior que o amor. Deus é grande porque Ele é Amor infinito. Se alguém quer definir Deus, essa pessoa pode definí-Lo de milhões de formas. Mas eu gostaria de dizer a vocês que não há definição de Deus que possa ser tão adequada quanto 'Deus é todo Amor.' Se o medo aparece quando dizemos 'Deus', estamos muito, muito longe de Deus. Quando repetimos o nome de Deus, se o amor vem à tona, nossas orações, nossa concentração, nossa meditação e nossa contemplação são genuínas.

Com a exceção das legendas nas imagens, todos os escritos são de Sri Chinmoy Veja as fontes -

Se você gostaria de explorar mais os ensinamentos de Sri Chinmoy, você está cordialmente convidado a entrar em contato com o Centro Sri Chinmoy da sua localidade